As relações públicas em instituições religiosas: uma análise sobre o Centro Espírita de Umbanda São Jorge de São Borja/RS/The public relations in religious institutions: an analysis about Saint Jorge “Umbanda” Spiritist Center from São Borja/RS - Brazil

Joel Felipe Guindani, Marcela Guimarães Silva, Leonardo Oliveira Marion

Resumen


O presente artigo buscou observar as relações públicas na comunicação organizacional das instituições religiosas. Para o estudo, escolheu-se como objeto de pesquisa o Centro Espírita de Umbanda São Jorge (CEU São Jorge), da cidade de São Borja, localizada na fronteira oeste do Rio Grande do Sul. A pesquisa visou compreender a comunicação organizacional, a partir de suas técnicas em relações públicas, procurando identificar, na instituição, os instrumentos de comunicação utilizados; analisar as formas de produção e de veiculação desses instrumentos; diagnosticar os públicos do CEU; identificar as formas de comunicação que acontecem durante as sessões (como são chamadas as reuniões dos fiéis); e apontar as hierarquias e perceber como se dão as relações entre os sujeitos no espaço da instituição. A metodologia escolhida foi a etnografia, que auxiliou na aproximação com os sujeitos. Trata-se de uma observação etnográfica e não propriamente de uma pesquisa etnográfica, aos moldes de uma abordagem antropológica, mas comunicacional. Para se atingir os objetivos investigativos do trabalho, escolheu-se como metodologia de pesquisa a entrevista em profundidade e a pesquisa participante por serem as técnicas metodológicas mais adequadas aos objetivos propostos. Como resultado, identificou-se que esse tipo de organização religiosa também é um espaço para a atuação do profissional de relações públicas, porém com um olhar mais sensível e focado nas relações interpessoais e no respeito ao outro, pois se não há comunicação sem o respeito ao outro, é impensável que haja relações públicas.


Citas


ANDRADE, C. T. S. de. (1996). Dicionário Profissional de relações públicas e comunicação: e glossário de termos anglo-americanos. 2. ed. São Paulo: Summus.

CÁCERES, Luiz Jesús Galindo. (1998). Técnicas de investigación en sociedad, cultura y comunicación. México. CNCA/Addison Wesley Longman.

FEITOSA, C. V. da C. (2014). Religião e mídia: comunicação e poder. Tuiuti: Ciência e Cultura, Curitiba, n. 46, 205-214.

FORTES, W. G. (2003). Relações Públicas: processo, funções, tecnologia e estratégias. 3. ed. rev. São Paulo: Summus.

FRANÇA, F.; L., G. (2007). A comunicação como estratégia de recursos humanos. Rio de Janeiro: Qualitymark.

GAMA, M. G. (2005). A sociedade da comunicação ou o Mito da Mudança: implicações éticas. In: ACTAS DO III SOPOM, VI LUSOCOM E II IBÉRICO – VOLUME III, 2005, Covilhã, 253-257. Recuperado em 10 de março de 2014, de http://www.livroslabcom.ubi.pt/pdfs/20110829-actas_vol_3.pdf

KUNSCH, M. M. K. (2003). Planejamento de relações públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus.

______; (2008). Gestão estratégica em comunicação organizacional e relações públicas. São Paulo: Difusão.

______; KUNSCH, W. L. (org.). (2007). Relações públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus.

KWASNICK, E. L. (1981). Introdução à administração. São Paulo: Atlas.

NEVES, José Luis. Pesquisa qualitativa – características, usos e possibilidades. In: Caderno de pesquisas em Administração. São Paulo, v. 1, n. 3, 2º semestre/1996. Recuperado em 13 de março de 2014, de http://www.dcoms.unisc.br/portal/upload/com_arquivo/pesquisa_qualitativa_caracteristicas_usos_e_possibilidades.pdf

REGISTROS DE UMBANDA. O censo demográfico brasileiro 2010 e os umbandistas (parte 01). Recuperado em 13 de fevereiro de 2014, de http://registrosdeumbanda.wordpress.com/2012/06/30/o-censo-demografico-brasileiro-2010-e-os-umbandistas-parte-01/

REGISTROS DE UMBANDA. O censo demográfico brasileiro 2010 e os umbandistas (parte 02). Recuperado em 13 de fevereiro de 2014, de http://registrosdeumbanda.wordpress.com/2012/07/28/o-censo-demografico-brasileiro-2010-e-os-umbandistas-parte-02/?relatedposts_exclude=1312

SIMÕES, R. P. (1995). Relações Públicas: função política. 3. ed. São Paulo: Summus.

SOCIEDADE ESPIRITUALISTA MATA VIRGEM. Curso de Umbanda: História da Umbanda. Recuperado em 10 de dezembro de 2013, de http://www.tendaespiritafeeamor.org/index.php?option=com_content&view=category&id=63&Itemid=90

WOLTON, D. (2006). É preciso salvar a comunicação. São Paulo, SP: Paulus.


Texto completo: VER PDF

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Creative Commons License
Este trabajo está licenciado bajo la licencia Creative Commons Attribution 3.0 .

Revista incluida en Emerging Source Citation Index (ESCI - Thomson Reuters), ERIH PLUS, Catálogo Latindex, Dulcinea, e-Revistas, DICE, RESH, CIRC, ISOC, Dialnet, ULRICH, EBSCO, DOAJ, REBIUN, MIAR

ISSN: 2174-3681

Prefijo DOI: 10.5783

Miembro de CrossRef