Pesquisa nacional dos cursos de Relações Públicas no Brasil: práticas dos coordenadores e docentes no processo ensino-aprendizagem/Country-wide survey of Public Relations undergraduate programs in Brazil: practices of coordinators and professors

Maria Aparecida Ferrari

Resumen


O objetivo da pesquisa foi identificar o perfil e as práticas dos coordenadores e docentes dos cursos de Relações Públicas em funcionamento no Brasil utilizando as categorias de IES públicas e privadas à luz da literatura especializada em ensino-aprendizagem e das novas diretrizes curriculares para o referido curso. O foco da pesquisa é inédito, uma vez que durante os levantamentos realizados não foram encontrados estudos similares no país. Dos 66 cursos de Relações Públicas no país, participaram 53 coordenadores e 255 docentes representando 80% do universo. Os resultados mostraram uma diminuição constante do número de cursos a partir de 2009. Observou-se que as práticas de ensino-aprendizagem utilizadas pelos docentes são excessivamente tradicionais para promover o protagonismo e a autonomia necessários para os profissionais no mundo atual.   


Citas


BRASIL. Lei nº 5. 377 de 11 de dezembro de 1967. Disciplina a Profissão de Relações Públicas e dá outras providências. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/CCiViL_03/LEIS/1950-1969/L5377.htm> Acesso em 08/10/2015.

BRASIL. Resolução CNE/ CES nº 2 de 27 de setembro de 2013. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Relações Públicas. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=14243-rces002- 13&Itemid=30192> Acesso em 08/ 10/2015.

BRASIL. Portaria nº 4.059, de 10 de dezembro de 2004. Disponível em< http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/nova/acs_portaria4059.pdf> Acesso em 07/10/2017.

CUNHA, A. M. O. et al. (2006). Dormi aluno (a)...Acordei professor(a): interfaces da formação para o exercício do ensino superior. Anped – GT – Políticas de Educação Superior.

FERRARI, M. A. (2006). Percepção dos profissionais de Relações Públicas sobre o Sistema Conferp: análise da entidade e perspectivas para o futuro da atividade profissional. Paper apresentado no XXIX Intercom, Brasília.

FERRARI, M. A. (2015). Pesquisa dos egressos do curso de Relações Públicas da ECA/USP. Relatório de Pesquisa.

FREIRE, P. (1978). Pedagogia do oprimido. 6ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

GIL, A. C. (2013). Didática do ensino superior. 1.ed. 8 reimpr. São Paulo: Atlas, 2013.

GRUNIG, J. E. (org.) (1992). Excellent Public Relations and Communication Management. Mahwah, Lawrence Erlbaum.

INEP. Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopses estatísticas da educação superior – graduação (2000–2014). Disponível em < http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse> Acesso em 08/out./2015.

MANCEBO, D.; VALE, A. A.; MARTINS, T. B. Políticas de expansão da educação superior no Brasil 1995-2010. Revista Brasileira de Educação. v. 20 n. 60 jan.-mar./ 2015. Disponível em Acesso em 28/07/2016.

MARQUES DE MELO, J. (1986). Ação educativa nas escolas de comunicação: desafios, perplexidades. In: KUNSCH, Margarida Maria Krohling. (Org.) Comunicação e Educação: caminhos cruzados. São Paulo: Loyola, p.199-221.

PACHANE, G. G.; PEREIRA, E. M. A. (2004). A importância da formação didático- pedagógica e a construção de um novo perfil para docentes universitários. Revista Iberoamericana de Educación. Disponível em < http://www.rieoei.org/deloslectores/674Giusti107.PDF> Acesso em 05 abr. 2014.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C. (2010). Docência no ensino superior. 4 ed. São Paulo: Cortez.

SAMPAIO, M. M.; MARIN, A. J. Precarização do trabalho docente e seus efeitos sobre as práticas escolares. Revista Educação e Sociedade, São Paulo, v. 25, n. 89, set./dez. 2004.

SAVIANI, D. (2010). A expansão do ensino superior no Brasil: mudanças e continuidades. Poíesis Pedagógica - V.8, N.2 ago/dez.2010; pp.4-17. Disponível em < https://revistas.ufg.br/poiesis/article/view/14035 > Acesso em 15/jun./2016.

SCHWARTZMAN, S. (org.). (2014). Educação superior na América Latina e os desafios do século XXI. Campinas, Editora da Unicamp.


Texto completo: VER PDF

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.


Creative Commons License
Este trabajo está licenciado bajo la licencia Creative Commons Attribution 3.0 .

Revista incluida en Emerging Source Citation Index (ESCI - Thomson Reuters), ERIH PLUS, Catálogo Latindex, Dulcinea, e-Revistas, DICE, RESH, CIRC, ISOC, Dialnet, ULRICH, EBSCO, DOAJ, REBIUN, MIAR

ISSN: 2174-3681

Prefijo DOI: 10.5783

Miembro de CrossRef

Síguenos en Twitter